SENAI volta de vez para Canaã dos Carajás e com muitas oportunidades

Por: Pedro Reis e Jorge Clésio

Pedro Reis e Jorge Clésio ouvem o Diretor do Senai e o Secretário de Desenvolvimento

A unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI, volta a se instalar em Canaã dos Carajás de forma definitiva e com muitas oportunidades, após 2 anos desativado, revela a instituição em uma entrevista exclusiva ao Blog do Pedro Reis e ao Portal Canaã. Isso porque em 2018 houve o fechamento da unidade local devido a diminuição brusca da demanda de alunos e também a drástica recessão na indústria que era a responsável pela maior parte da manutenção da instituição naquele momento.

A empresa Vale, uma das maiores mantenedoras do SENAI, na época, recebeu novamente o prédio que estava cedido para abrigar a escola de ensino profissionalizante, técnico e treinamentos para empresas nas áreas da indústria e comércio.

Durante esse período, a unidade do SENAI de Canaã dos Carajás que ficou sendo gerenciado na cidade de Parauapebas, fazendo o atendimento das necessidades da indústria com treinamentos na própria sede das empresas.

O SENAI, agora em definitivo, reabre suas portas a partir do dia 1º do mês de setembro de 2020, em um novo endereço através de locação e mais próximo do centro urbano da cidade que é no atual prédio da Escola Técnica Vale dos Carajás. Ainda, existe uma negociação com o poder público para que o SENAI possa receber a doação de uma área para a construção de um grande complexo educacional onde irá abrigar o SENAI e SESI, onde terá ensino fundamental e cursos técnicos com duração de dois anos; aprendizagem industrial com duração de qualificação profissional com duração de 160 à 800 horas; aperfeiçoamento de 14 à 30 horas.

Para esse início das atividades, no segundo semestre, serão ofertadas vagas para instrutores através de um processo seletivo próprio com a parceria do SINE local, sendo uma média de 50 profissionais. O diretor garantiu que toda a mão de obra será contratada localmente.

Na conversa, o diretor do SENAI, Felipe Francez, afirmou que durante esse mês de agosto haverá toda a logística de contratação de pessoal, reforma e readequação do prédio com a realocação dos laboratórios próprios em mecânica, elétrica e outros.

Ainda, segundo o diretor, nesse primeiro momento serão ofertados cursos profissionalizantes e de aperfeiçoamento para comunidades locais em parceria com o poder público, além de cursos particulares até o final do ano, onde se inicia os cursos técnicos.

Questionado sobre o impacto na concorrência local, o direto e o secretário, foram taxativos “existe espaço pra todos”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Gilson Alves, informou que o SENAI também foi escolhido para desenvolver um programa inédito que é Smart Cities (Cidades Inteligentes), onde haverá a preparação em robótica para as crianças do ensino fundamental de Canaã dos Carajás.