Minério e Prosa: A água nossa de cada dia, nos dá hoje !

Escrito por: Nádio Batista

O pedido do “pão” na “Oração do Pai Nosso”, como um dos primeiros pedidos, indicada na expressão “PÃO DE CADA DIA, NOS DÁ HOJE”, aponta o pão como um alimento que sacia o ser humano.
O pão aqui, representa tudo aquilo que é necessário para a conservação e desenvolvimento da vida do corpo. Inclui, portanto, em você morar bem, se alimentar bem e mais, compreende o direito que cada um tem de beber água e água limpa e saudável.
O pronome “nosso” presente na oração com a expressão “pão nosso de cada dia”, evidencia um bem comum, do qual todos temos o direito de ter para sobreviver. Conscientes do dever de contribuir para que este direito se realize para todos com justiça.
A importância da água na vida é de tamanha proporção, posto que é o elemento essencial para sobrevivência de todo ser vivo. Nesse caso, quando falta água ou quando está contaminada ou suja, a vida passa a ser ameaçada contrariando a oração do Pai Nosso que a cada quer que tenhamos tudo aquilo que é essencial à vida.
A água ocupa essa posição de extrema importância na vida, e graças à dádiva dos céus, o nosso município abriga O LAGO DO PARQUE VEREDAS que abençoa cada um de nós com o direito de usufruir das suas águas.
Mas, existe um fato preocupante, que consiste na preservação da flora em torno do lago para que ele continue sendo essa fonte de bênçãos. A propósito, quero enfatizar aqui, que o Lago Parque Veredas é o único lago de capitação de água potável para toda nossa cidade de Canaã dos Carajás.
O grande desafio é estabelecer responsabilidades e parcerias nesse momento de estiagem, que estamos entrando. É preciso levar a educação sobre os perigos do fogo no mato aos moradores próximos do Parque Veredas. É preciso fechar acordos de compromissos de cuidar de todo entorno do lago, pois, a sua existência depende das árvores, do capim, e de tudo o mais que esteja ali, juntinho dele.
E digo mais, e nesse meu dizer, deixo meu lamento o meu lamento, mas não posso descartar o fato da ignorância de alguns. E por isso afirmo: é preciso a fiscalização constante e a existência de uma brigada de combate ao fogo no mato. Homens sempre prontos e equipados para atuar quando a educação e o compromisso com o meio ambiente falhar.
Embora, o 16º GBM/Canaã dos Carajás sempre esteja em QAP, sozinho não conseguirá atender a demanda. Embora, os Bombeiros Militar se veja como os agentes responsáveis para proteção da vida em todos os sentidos, em suas limitações precisa de parcerias para manter a vida.
Como vimos o “Pão” do “Pai Nosso” representa tudo aquilo que é essencial a vida. A ÁGUA, portanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *